sábado, 2 de novembro de 2013

Igreja de Tessalônica: Um grande exemplo missionário. Parte 1



Paz e graça a todos os amigos e irmãos em Cristo. Em breve estarei lançando o CD Minha Fortaleza que será um grande instrumento de evangelismo veja a minha foto no estúdio.
Quanto tempo não escrevo no blog e senti muita saudade de vocês amigos leitores! Quero abordar sobre a Igreja de Tessalônica e o grande exemplo que todo o cristão deve seguir.

Em I Tessalonicenses 1:5,7,8 e 10 “Lembramos continuamente, diante de nosso Deus e Pai, o que vocês tem demonstrado: o trabalho que resulta da fé, o esforço motivado, pelo amor e pela perseverança proveniente da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo... Porque o nosso evangelho não chegou a vocês somente em Palavra, mas também em poder, no Espírito Santo e em plena convicção. Vocês sabem como procedemos entre vocês, em seu favor. Porque, partindo de vocês, propagou-se a mensagem do Senhor na Macedônia e na Acaia. Não somente isso, mas também por toda a parte tornou-se conhecida a fé que vocês tem em Deus.... e esperar dos céus o seu filho que ressuscitou dos mortos, Jesus, que nos livra da ira que há de vir.”
A igreja de Tessalônica, de acordo com Atos 17:2-4, Paulo foi à sinagoga e por três sábados discutiu com base nas escrituras. Durante esse tempo, não só firmou a igreja mas firmou-a na fé. Paulo promoveu grande agitação. Seus inimigos acusaram-no de haver transtornado o mundo. Por causa desse alvoroço, os irmãos os despediram. O apóstolo prosseguiu para Beréia, Atenas e Corinto. De Corinto, ele escreveu a carta aos irmãos tessalonicenses e as enviou por intermédio de Timóteo.

As ações de Paulo em Tessalônica:

1-    Ele discutiu com base na Palavra;

2-    Explicou o sofrimento e cruz de Cristo;

3-    Ele demonstrou que Jesus de fato era o Messias prometido;

4-    Ele anunciou a morte e a ressurreição de Cristo.

Durante a curta permanência em Tessalônica, muitos gregos e mulheres creram. Logo em seguida, começou a nutrir essa igreja com o alimento sólido da Palavra. Falou sobre o Espírito Santo (1Ts.1:6 ) e a segunda vinda de Cristo (1:10).

Aquela igreja não influenciou sua responsabilidade apenas em casa. Ela compartilhava a sua fé para com Deus na sua própria região. Isso é essencial para o cumprimento da Grande Comissão em nossa geração. A evangelização não está centrada em grandes concentrações, mas em um programa efetuado dia após dia e semana após semana, Era isso que a Igreja de Tessalônica tinha como hábito a vivência constante de fazer repercutir a sua fé em Deus por toda a parte.

Deus abençoe a todos!
Pr. Weliton Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário