quarta-feira, 16 de julho de 2014

Sete Eras da Igreja Cristã: Pérgamo



 
Paz e graça aos leitores do blog.  Curta nossa página no Facebook (Igreja Batista Casa de Deus): https://www.facebook.com/igrejabatistacasadedeus?ref_type=bookmark

Você que quer orar toda madrugada com o Pr. Weliton Santos, todos os dias na Rádio Vida com Deus realizamos a Oração da Meia- Noite e todas as segundas-feiras das 17 às 18 hs, o programa hora de Vencer. O link é: http://radiovidacomdeus.com/

Bem, vamos abordar e contextualizar de forma sucinta e objetiva sobre a terceira  era da Igreja de Cristo. Vale salientar que, as sete igrejas mencionadas no livro de Apocalipse representa símbolos proféticos e sete períodos específicos da Igreja Cristã. Vale salientar que cada igreja tem Elogio, Reprovação, Conselho e Promessa; exceções de igreja sem reprovação: Esmirna e Filadélfia.

“E ao anjo da igreja que está em Pérgamo escreve: Isto diz aquele que tem a espada aguda de dois fios:
Conheço as tuas obras, e onde habitas, que é onde está o trono de Satanás; e reténs o meu nome, e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha fiel testemunha, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita.
Mas algumas poucas coisas tenho contra ti, porque tens lá os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel, para que comessem dos sacrifícios da idolatria, e fornicassem.
Assim tens também os que seguem a doutrina dos nicolaítas, o que eu odeio.
Arrepende-te, pois, quando não em breve virei a ti, e contra eles batalharei com a espada da minha boca.
Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe.”
Apocalipse 2:12-17 .

 Pérgamo ficava situada em Mísia, sendo descrita como a mais ilustre cidade da Ásia. Era uma cidade de cultura sobrepujada e com uma grande biblioteca que, somente a de Alexandria a superava.

O altar de Pérgamo era centro de adoração ao deus grego Zeus e Escalápius, um deus em forma de serpente.Bem como adoravam aos imperadores romanos, na qual fora referido como o trono de satanás.

Pérgamo se orgulhava por ser a capital da Ásia e por ter muita cultura e uma corte que julgava os prisioneiros com severidade. Era o centro das religiões místicas orientais vindas da Babilônia e tinha muitos templos pagãos.

A igreja em Pérgamo se encontrou numa situação difícil. Por todos os lados tinha idolatria, honra e adoração aos imperadores romanos. Os cristãos não abandonaram a fé, porém permitiu que entrasse heresias como a idolatria e imoralidade sexual, bem como seguidores da doutrina dos nicolaítas.

Antipas, segundo a tradição foi discípulo do apóstolo João e bispo de Pérgamo.Por se negar a oferecer sacrifícios aos ídolos (imagens de esculturas) na época da perseguição do imperador Domiciano, foi coagido a negar a fé em Cristo e adorar o imperador.

Ao dizer que amava o Senhor Jesus Cristo de todo o coração e não sacrificar aos ídolos foi lançado numa fornalha ardente, dentro de um bezerro de latão na qual entregou a alma ao Senhor. Grande Herói da fé!

Por Antipas ser a fiel testemunha que não negou a Deus, a palavra testemunha em grego é (martus), na qual surgiu mártir.

Jesus fala que a igreja seguia a doutrina de Balaão, que significa idolatria, fornicação, imoralidade sexual e apostasia. Pois segundo a bíblia, Balaão foi remunerado pelo rei Balaque de Moabe para amaldiçoar o povo hebreu, pois eles tinham a promessa de Deus e em tudo que faziam eram vitoriosos. Como todas as maldições de Balaão  Deus transformava em bênçãos, ele incentivou o povo de Israel pecar com as mulheres moabitas e midianitas e adorar imagens.Deus mandou uma praga que matou 24 mil israelitas.Podem ver em Números (22:25 e 31:16).

Jesus disse: que ao vencedor dará o maná escondido e uma pedra branca. Segundo a tradição grega, a pedra branca significava absolvição e uma nova vida para o condenado. Se houver arrependimento, terás uma nova vida e alimento espiritual que irá fortalecer aos que caminharem no deserto.

Rejeitemos às falsas doutrinas, a doutrinas dos homens e valorizemos à Palavra de Deus a fim de que cheguemos ao fim de nossa jornada e encontremos o Senhor.

É Jesus que tem toda a autoridade e não governo seja ele qual for.Se está tendo perseguição silenciosa contra os evangélicos nos dias atuais, não foi diferente no passado na qual muitos cristãos pagaram com a vida. Não temamos às afrontas dos ideais ateus, evolucionistas e nem comunistas; preguemos à Palavra de Deus e não rejeitemos os ensinamentos de Cristo.

Era de Pérgamo foi o terceiro período do cristianismo, quando o império romano estabelece um papa para liderar todas as igrejas cristãs. Nesse período muitas falsas doutrinas invadiram o cristianismo; entre elas a guarda do domingo.

Período: 313 – 538.
 
  Peço aos irmãos (ãs) para clicarem acima e doar para o nosso ministério missionário. Nosso objetivo é ganhar vidas para Jesus. Ou faça um depósito na Caixa Econômica Federal Agência 1019 Operação 013 Conta 1789-0.
Se doar uma oferta de R$ 20 reais ou mais, ganhará como muito obrigado, o CD do Pr. Weliton Santos, que despachamos para todo o Brasil. Ao doar tal valor, envie seu nome e endereço completo para: welsi@oi.com.br
Que Deus abençoe a todos!
Pr. Weliton Santos.
Contatos para pregações e louvor: (11) 99530- 9258/ (11) 98136-6877
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário