quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Um Alerta sobre o Desenho: A Princesa e o Sapo




Numa noite dessas, fui assistir o polêmico desenho sobre uma princesa negra, diga-se de passagem, a primeira da Walt Disney e fiquei surpreso com o enredo do mesmo. O desenho conta a história de uma jovem garçonete trabalhadora, que tinha um sonho de ser uma grande empresária no ramo de restaurante; sonho esse que o pai não conseguiu cumprir. Essa moça tinha uma amiga branca e rica, na qual sempre dava altas gorjetas para a referida garçonete.
De repente, chega à cidade um príncipe deserdado pelos pais, pois era vadio e muito namorador. Este faz um pacto de sangue com o feiticeiro vodu para casar com uma jovem rica. Entretanto, seu protetor torna-se o príncipe e o príncipe (vadio e namorador) transforma-se em sapo. Qual a intenção do feiticeiro vodu? Tornar-se senhor da cidade e entregar a alma das pessoas aos demônios; isso pagaria as dívidas que tinha com os espíritos imundos.

Minhas críticas em relação ao desenho são: associação do negro com a vadiagem, feitiçaria, magia negra, magia branca, inveja e ambição. Quando se faz um desenho sobre uma princesa negra (na verdade ela não era princesa), Walt Disney (quero dizer, seus produtores), coloca os brancos como ser superior e os negros numa escala inferiorizada. Os negros são seres humanos como qualquer outro e o Senhor Jesus veio para salvar a todos seja branco, negro, azul, amarelo, ou qualquer outra etnia inferiorizada pelos etnocêntricos brancos.

Eu não recomendo este desenho para crianças, pois como mencionei anteriormente, é voltado para a feitiçaria e bruxaria. A Bíblia diz o seguinte a respeito de adoração às imagens: “Sacrifícios fizeram aos demônios, não a Deus; a deuses que não haviam conhecido, novos deuses e recém - chegados, aos quais vossos pais não veneraram” (Deut. 32:17). E diz mais: “Que harmonia há entre Cristo e Belial (satanás, grifo meu)?... Que acordo há entre o templo de Deus e as imagens de esculturas? Pois somos santuários do Deus vivo.” (2 Cor. 6:15-16).Quem adora qualquer imagem, torna-se como ela, sem vida (Salmos 115:8 e 135:18).

Em relação a sacrifícios humanos, e pactos de sangue com outros deuses, a Bíblia diz o seguinte: “Não entreguem seus filhos para serem sacrificados a Moloque (deus vodu ou diabo, grifo meu). Não profanem o nome do seu Deus.” (Lev. 18:21). E em relação à adoração a seres celestes, diz: “Clame se quiser, mas quem ouvirá? Para qual dos seres celestes você voltará!” (Jó 5:1). Seres celestes aqui são imagens de anjos, imagens da natureza, sol, água, luz, terra, ar, estrelas, etc. O Senhor abomina, ou seja, odeia.
A associação da Disney com a feitiçaria, a maçonaria, o vodu, a relação sexual abominada por Deus é bem valorizada nos desenhos infantis. A respeito da feitiçaria, seja magia negra ou magia branca, a Bíblia diz o seguinte: “Não permitam que se ache alguém entre vocês que queime em sacrifício seu filho ou sua filha; que pratique adivinhação, ou se dedique à magia, ou faça presságio, ou pratique feitiçaria ou faça encantamentos; que seja médium, consulte os espíritos ou consulte os mortos. O Senhor tem repugnância para quem pratica essas coisas, e é por causa dessas coisas que o Senhor vai expulsar aquelas nações da presença de vocês.” (Deut. 18:10-12). Expulsar nos dias atuais é fazer as pessoas colherem o fruto da desobediência. No desenho, existe tudo que a Bíblia abomina: invocação de espíritos imundos, adivinhação, feitiçaria (magias brancas e negas), presságio, encantamentos, mediunidade e pacto de sangue.

Destarte amigos e amigas, vejam o tipo de desenho que vocês permitem seus filhos (as), sobrinhos (as) assistirem. Se vocês querem um crescimento saudável para suas crianças, não permita esses desenhos. Lembre, Jesus ama a todos os que praticam tais atos e creio que um dia, eles abrirão os olhos e adorarão somente a Jesus. Ele é o Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Veja o tipo de educação você dá a seus filhos, pois pode implicar pro toda a vida. “Instrua a criança no caminho que deve andar; e quando for velho, não se desviará dele”. (Prov. 22:6). Quantos pais permissivos, ou rudes, não ensinam ao teu filho, ou têm preferências qual filho (a) gosto mais ou não liga para suas crianças? Cuidado, tudo que planta, se colhe. Se queres uma família abençoada, ensina os caminhos do Senhor, receba Jesus como teu Guia e Orientador, Senhor e Salvador, e ensina aos teus filhos esse Caminho e terás muitas bênçãos.

Que Deus os abençoe!
Pr. Weliton Santos

Um comentário:

  1. Ifelizmente dentro das prórias casas e familis muitos desses filmes e series, trazem mensagens diabólicas e transformas crianças e jovens em criaturas degeneradas e endemoniadas, o pior é que os pais tambem incentivam os seus filhos a assistirem esses fimes. Esse artigo é um grande alerta e muito esclaresedor, Deus continue te abençoando, um grande abraço.

    ResponderExcluir